quinta-feira, 13 de setembro de 2007



... nestes dias de repouso absoluto vi este dia aproximar-se tão lentamente, tinha tantos planos ... até um post alinhavado ... quem diria ... o meu destino prega-me destas partidas a toda a hora ... logo a mim que nunca me esqueço duma data ...




... Faz hoje 4 anos que nos unimos para sempre em frente de Deus ... deste Deus que pensei que me acompanharia na minha vida ... nos momentos mais difíceis ... e também naqueles mais felizes ... em que jamais me esqueci de agradecer todas as graças ... este Deus que agora sinto longe de mim ... como se tivesse esquecido que também sou filha dele ... como se não estivesse a olhar na minha direcção ... a amparar-me nestes momentos que só queria esquecer e que não me saiem da cabeça ... que me deixou viver isto tudo mais uma vez ... a quarta ... nestes dias ...

Um dia que queria de sonho ... é um pesadelo ... que quero esquecer ... e sei que não esqueço ... tenho na memória cada um dos dias em que sofri esta desilusão ... o dia ... a circunstância ... recordações más que por mais que queira não se apagam da minha memória ... são datas que ficam gravadas e agora ... mais uma ... logo no nosso aniversário de casamento ... porquê?

Porquê que tinha de me acontecer isto outravez ... porquê nestes dias ... será que vai ser sempre assim ... como é que posso ter força ... esperança ... onde é que vou buscar a fé ... estou cansada ... se calhar o meu Deus só me quer fazer ver que a minha felicidade não passa por ter um filho ... e eu aqui a insistir no improvável ... no impossível ... sei lá!

Tenho uma vontade imensa de gritar ... e ao mesmo tempo de me calar ... é a quarta vez ... quarta desilusão ... e a pergunta permanece ... porquê? ... a revolta invade-me ... outravez ... e o sentimento não sei se é o mesmo ... já não sei o que sinto ... escrevo porque estou angustiada ... e não quero ler o que escrevi porque me angustia ... na verdade, acho que se relesse tudo agora, não hesitaria e, apagava tudo até à última palavra, como se assim pudesse apagar estes episódios da minha vida ...

E hoje deveríamos comemorar 4 anos de um amor formalizado, um amor que julgávamos ser perfeito, que preencheria todos os requisitos de uma qualquer história de amor de um lindo conto de fadas ... mas onde está o "viveram felizes para sempre" ... se calhar bem longe da parte "e tiveram muitos filhinhos" ...
... as comemorações não vão acontecer da forma que eu planeei ... não há espaço ... não há vontade ... mas, felizmente há um sentimento ... que não se abala com todo este sofrimento ... o nosso amor ... que sai disto tudo muito mais fortalecido ... pois nunca sentimos ... em momento algum ... que passámos por tudo sozinhos ... temo-nos um ao outro ... desde há 4 anos ... hoje ... e sempre ... amo-te... obrigada por estares sempre ao meu lado ...




19 comentários:

Sofia e Pedro disse...

Minha querida Alice, um abraço muito apertado neste momento de alegria pelo amor que celebras mas ao mesmo tempo de luto. O sol vai brilhar para ti, podes ter a certeza!Beijinhos, Sofia, Pedro e Joana

Ana e Ricardo disse...

minha linda um beijinho grande...

Mami & Papi disse...

Estou muito triste... as coisas não deviam ser assim... mas tenho esperança que o teu sonho se vai realizar... Torço por ti!!!

1 Abraço

Mónica

Alex disse...

E é com este amor que vais fazer um outro amorzinho mais pequenininho!!!

docinho disse...

Só sinto uma vontade enorme de te dizer que tudo não passa de um pesadelo...
lamento... muito!

Beijos ao teu lado

PS mas qual a razão de acontecer?

Camy disse...

Alice, sei o quanto é dificil. O porquê estará sempre presente.
Só te posso dizer que com o tempo a dor diminui, mas não desaparece.

Quero dar-te os parabéns por mais um aniversário e que tu e o teu marido sejam muito felizes.
Parabéns.

Beijos

Camy

Cristina disse...

Querida e mais uma vez as lagrimas vieram ao canto do meu olho... Espero que em breve tudo passe e que esse sonho se possa realizar..

Parabéns pelos 4 anos..

Beijos

Mary / Baby boom disse...

Força linda...deve ser tão dificil... recompõe-te! Respira e depois vai ver o porquê disso, não desistas. 4 vezes já não é normal, há-de haver alguma coisa errada...(se calhar há e eu não sei, é o que dá chegar ao teu blog só agora)...e quando temoos um problema, se soubermos qual é, fica mais facil de resolver!
Qq coisa q precises diz
beijinhos

Cresce barriguita...cresce!!! disse...

MInha querida amiga, sinto a tua tristeza, o teu desanimo, mas sei que vais conseguir amiga linda!!!
tem que haver uma razao para isto aconteçer, acredito que estas a ser bem acompanhada pelos medicos, espero que estejas meu doce!!!
Desejo.vos toda a felicidade do mundo e que este amor que vos une seja para sempre!!!
Milhoes de beijinhos carinhosos

Anita disse...

Um beijinho especial pelos vossos 4 anos.
Nunca deixes a tua esperança desaparecer, nunca ! Pensa positivo, sempre positivo.

Como a docinho perguntou, já sabes porque isto aconteçe??

Um beijinho a torçer por vós.

Martinha disse...

A vida é muito injusta, espero que um dia consigam a vossa estrelinha.
Beijocas.

Florzinha disse...

ola amiga!

força! muita força mesmo!
k o proximo aniversario ja tenhas a tua estrelinha junto a ti! nos braços!
fica bem! tudo de bom! bjs

Iris disse...

Oi, querida. O sentimento mais doido é o recente, pois a sensação está muito acesa. Esse Deus jamais vai te abandonar e nessa hora ele está te carregando, verá o resultado, e logo. Acredite querida. Não desista. Você é especial. beijo.

Mãe da Tiz disse...

Tou triste por ti :( Mas n percas a esperança... esse amor forte ainda vai dar frutos vais ver!

Muitos beijos e um abraço apertado!

docinho disse...

Estás bem?

Beijos preocupados

beatrizouguilherme disse...

Olá fofinha!
Nem sei que te diga neste momento de desespero nas vossas vidas. Só te posso dar um conselho, já que estás desanimada e um pouco "zangada" com DEUS, agarra-te a esse amor incondicional e crê que dias melhores virão. Neste momento o teu amor á mais forte que qq crença a DEUS.
Fiquei bastante comovida com a tua história e deu-me uma vontade imensa de chorar, pq eu passei por isso uma vez e acho ue chegou de dor, por isso não consigo imaginar o q vocês estão a sentir.
Desejo-te mt sorte e coragem para avançares.
Beijos gds.

Gina e Vitor Vital disse...

Linda, sei perfeitamente o k é isso pois infelizmente tb ja passei plo mesmo e agora k tou novamente de bebe ainda tenho muitos medos...
Mas sinceramente acho k as 4 estrelinhas no céu a olhar por voces e os vossos 4 anos juntos com tanta compreenção, amor e amizade, vai dar numa estrela enorme que nos vai ofuscar a todas!
Não percas as esperanças pois o teu sonho maior vai acontecer...
Torço por ti!!!!
Beijinhos e força....

lost disse...

Miga só agora é que li a triste noticia, fiquei muito triste com este desfecho, nem sei que te diga, mas tem força e nunca desistas.

Beijocas

F.Raquel disse...

Minha linda... como queria poder dar-te um abraço bem forte!!

Pensei muito em ti durante as férias, não consegui controlar aquela ansiedade miudinha e pus uma moeda no computador do hotel para te visitar...

quando li o titulo do post, acho que fiquei uns segundos sem respirar. Não imagino o teu sofrimento e por isso não consegui escrever nada, naquele momento.
Passei o resto dos dias sempre contigo no pensamento... não estás sozinha!!

Não consegui conter as lágrimas ao ler este post. Lágrimas de tristeza, mas também de esperança.
Tenho esperança que esse lindo amor vos dê forças para nunca desistir e lutarem sempre juntos para conseguirem unificá-lo num ser, para sempre!

Força amiga!!! Estou contigo!

Um beijo e um abraço muito apertado!

Raquel